INSPIRAÇÃO DO DIA: Francesco Cominelli

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Filament.io 0 Flares ×

A um ano atrás nós perdemos um dos maiores influenciadores de opinião masculina, alguém cuja capacidade de mostrar a sua personalidade e o modo como usava a moda, sem sombra de dúvida se tornou um legado. Francesco Cominelli é um grande exemplo de como o homem contemporâneo pode sim agregar muito em qualquer área em que atue. Integrado no maior conceito possível de IT BOY, eu realmente lamento a sua morte, uma vez que como exímio profissional ele soube levar ao mundo uma nova visão de comportamento masculino.


Toda vez em que eu falo sobre o Francesco nesse um ano, eu sinto realmente uma lástima, porque sabe aquelas pessoas em que você gosta de se espelhar? Que carrega como exemplo? Pois é, é exatamente assim que eu tenho a imagem dele. O Francesco foi um grande editor de moda masculina, tendo passado por alguns períodos na Vogue Hommes Internacional, além de outros veículos de moda. Dizem que sua morte não teve bem uma causa concluída, mas eu acredito que nada é por acaso. Talvez já fosse a hora dele partir, talvez tenha sido preciso que ele fosse e deixasse sua marca refletida na formação do homem de hoje. De estilo altamente elegante, Francesco Cominelli tinha o dom de usar qualquer peça simples e deixa-la com o charme e a elegância da mais alta costura. Ele conseguia unir o melhor da moda, garimpando nos mais diversos lugares o seu guarda-roupa.

Resolvi escrever esse post porque nesse mês fechou-se um ano da morte de uma das pessoas que muito me influência na moda. De certa forma é uma homenagem, mas é muito mais do que isso. O objetivo é dividir com vocês um pouquinho do gosto e do modo como ele conseguia traquejar a moda. Infelizmente o site dele com todos os seus trabalhos foi retirado do ar, o que não o torna esquecido. Se você for estudar na internet, em alguns livros, editoriais e revistas, encontrará um material muito bacana.
Acho que o maior exemplo que o Francesco poderia nos deixar é que não é a marca que faz a moda, é você que tem o dever de saber escolher aquilo que o torna único. Pode ser que agora pareça muito maluco, mas uma vez um amigo me disse algo que é realmente verdadeiro: “Ser chic é saber usar Marisa parecendo Armani. É não ter vergonha de vestir qualquer loja de departamento e deixar você único com aquilo que lhe cai bem“. Digno do Francesco.

Fique em Paz Francesco, onde quer que você esteja, fique em paz.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *