Desvantagens de Se Ter Apenas 17 anos

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Filament.io 0 Flares ×

Se não poder entrar numa festa de maior fosse a pior das indignações humanas, o mundo certamente seria menos pior. Quando a gente chega nessa idade, todo mundo acredita fielmente que agora o universo conspira ao nosso favor.

Ter 17 anos é como você pular de asa delta sem saber como vai ser chegar ao chão. A gente sonha o tempo inteiro, falamos firme achando que somos os donos da verdade, acreditamos num ideal de igual para igual (independente da idade com a qual estejamos conversando), pensamos que o universo é nosso e que nada nem ninguém pode tirar de você a oportunidade de ingressar na faculdade e ganhar o mundo.
Porém, nem tudo são flores, e esse floreio as vezes parece nos sufocar.

http://youtu.be/9nth2LHK6CU

Passar um ano inteiro sem ser adulto o suficiente para tomar decisões do seu próprio nariz, ou ainda, ser imaturo por natureza justamente por não ter vivido as vivências que alguém de 22 já viveu, é uma droga.

Para votar nós já podemos, mas para dirigir ainda não. A incoerência nisso tudo, é que se a gente pode escolher quem é que vai estar no poder dirigindo o nosso país, como é que ainda não podemos manter um carro na estrada? As incógnitas são muitas, e os conflitos muito mais. Idealizar alguém é o nosso passatempo favorito, uma vez que queremos amar e necessitamos acreditar nisso.

As paixonites são fortes, os abalos para alguns são piores do que para outros, mas não tem jeito: ninguém consegue ser auto-suficiente ao ponto de ser independente. Essa é a maior vantagem dos 17.

Talvez a maior dificuldade seja ainda termos de estar na escola, mesmo faltando apenas um ano para concluirmos. O saco é ter de dizer para alguém na balada que você não pode sair no domingo ou engrenar numa festa na quinta, porque tem aula de manhã bem cedo no outro dia. E isso é completamente brochante.

Pode ser que o ponto animador nisso tudo seja apenas um ano restante para você poder entrar onde quiser (nesse país), responder por si e viajar sozinho sem precisar da autorização dos seus pais.

É quase que unanime o pensamento de que com os 18 nós iremos sair da casa dos nossos progenitores, morarmos sozinhos, ganharmos rios de dinheiro e estarmos sempre badalando por aí. Mas cá entre nós, todo mundo sabe que as coisas não vão ser bem assim. Tudo tem o seu tempo, e tudo ao seu tempo. Essas são as verdades que nós não podemos omitir de jeito nenhum, porque ser adolescente é bom, mas essa fase já pode passar.

Matheus Rocca Vecchio Almeida

3 Comentários

  1. Fiz essa semana, por exemplo, conclusões pra vida toda. Todos nós sabemos que não dá pra fazer isso nunca! E ainda fiquei brabo com meus amigos por dizerem pra mim que sou novo demais. Enfim, com 17 estamos no ano do quase, quase 18, quase achando que vamos ser donos de nós mesmos, sendo que não. Me identifiquei muito com o texto exatamente por estar em uma semana tão “pensativa” da minha vida. Principalmente nessa frase: “As incógnitas são muitas, e os conflitos muito mais. Idealizar alguém é o nosso passatempo favorito, uma vez que queremos amar e necessitamos acreditar nisso.” Exato, muitas dúvidas, muitas tristezas, muitas alegrias, bipolaridade aflorada, mesmo que não tenha esse distúrbio. Enfim, estamos na adolescência ainda. Infelizmente.

    1. Oi Marcos, tudo bem?
      Cara, as vezes eu me pego exatamente nesse conflito de: “será que é tão ruim sair da adolescência?”, porque por mais estranho que tudo isso seja, é uma fase de descobertas. E não adianta ser marmanjo barbudo, e pensar que se é um adolescente, porque a gente sabe que a vida que levamos hoje está com as horas contadas.
      Tenho pensado que um dia de cada vez, e uma situação por vez hehehe né?!?!

      Abração

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *