Look #DFI14: Primeiro Dia + Release 1º Dia

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Filament.io 0 Flares ×

Aos que não sabem, essa semana de segunda a quinta-feira estará ocorrendo no Shopping Iguatemi Porto Alegre o maior evento de moda do Rio Grande do Sul. Com o intuito de coletivar a moda, incentivar o consumo e propagar o “Q” do universo fashion, é que o DFI retorna a capital gaúcha de uma maneira mais compacta, uma vez que o local onde ele sempre ocorrera agora está em reformas e o shopping passa pelo processo das obras de ampliação, o que dificulta o espaço físico.

Mas não pense que o evento está melhor ou pior, ele simplesmente está incrível. Coordenado por Débora Tessler, Carol Moura e Renata Germano, os desfiles ganharam uma visão tão gostosa e tão bacana do espaço, que ter a Mariana Kalil como curadora do evento só deixou os momentos ainda mais especiais.

Nesta edição tenho comigo por de trás das câmeras, Enrico Roemmler.

PRIMEIRO DIA 

Para o primeiro dia de desfiles eu optei por um look sóbrio, mas ao mesmo tempo marcante. Queria algo que celebrasse o retorno do evento de modo que não perdesse a bossa e nem ficasse over demais.

Hoje eu visto: Camisa Guess By Marciano, Blazer de Brechó, Clutch de Brechó, Calça Gang e Tênis Mormaii (de guerra!). 

Optei pelo blazer azul cobalto que eu amo demais, e trouxe a maxi clutch no mesmo tom, fazendo a conversação entre as cores sem perder o nexo da cor base, que neste caso era o preto. Aliás, falando em cor base, fica aqui uma super dica para os mais gordinhos neste inverno: Usem e abusem do preto como cor base da sua composição. Traga pontos de luz em cores saturadas ou mais neutras, criando blocos de cores que possam conversar entre si e que ao mesmo tempo equilibrem o seu peso. Acreditem funciona! E funciona tanto, que funciona inclusive para os mais desprovidos de peso (meu caso!).

Com o corpo mais alongado e equilibrado, devido ao preto base, eu quis ir com os cabelos soltos. Sem touca, sem chapéu e sem boina. Não sei se me arrependi, porque o coitadinho ta sem corte. Mas valeu o momento. As fotos ficaram incríveis, né? Thanks Enrico!

Gostei tanto da produção, que acabei não sendo o único. Saí no jornal Zero Hora que estava fazendo a cobertura do evento também.

RELEASE DO 1º DIA

E falando em momento, acho válido comentar o que aconteceu por lá: Assistir aos novos talentos da moda gaúcha que passam pelo Next Generation é sempre muito gostoso. Mas percebi que muitos alunos da turma do SENAC neste dia, foram com a ideia de serem novos McQueens e/ou Gallianos. Alguns quase alcançaram breve semelhança, outros nem tanto. Depois disso fui conferir o desfile do concurso Entre Meios, que nesta edição estará sorteando 2 estilistas para fazerem uma parceria com a Gang, assinando uma coleção cápsula para a marca. Tenho certeza que será algo bem bacana, aguardemos os vencedores. Logo em seguida, sentei na primeira fila para assistir ao desfile da Gang, que foi simplesmente impecável. Com os embaixadores na passarela e toda uma coleção comerciável demais e extremamente atual, acredito que a Gang está em ótimas mãos. Mais tarde assisti a ótimos desfiles como o da Colcci por exemplo, que pela primeira vez foi bem organizado aqui em Porto Alegre. Não teve tumulto, não faltou lugar e ninguém teve que sair do seu lugarzinho para ceder a outro. A coleção estava incrível, por isso, parabéns Colcci. Logo em seguida tivemos um grande show de cidadania com a marca Louloux. Com um protesto contra a homofobia dentro da passarela, a marca trouxe uma reflexão grande quanto cidadãos. Lindo, tive que aplaudir de pé, tamanha a comoção. E para finalizar, assisti ao incrível Tufi Duek com uma coleção tão incrível quanto ele. Noite fechada com chave de ouro e evento (re)iniciado com força total! <3

Não deixem de continuar conferindo o evento por aqui e acessando todos os detalhes pelas minhas redes sociais. 

Abraços, Matheus.

| FOTOS ENRICO ROEMMLER |

3 Comentários

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *