MARATONA MUDE

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Filament.io 0 Flares ×

Siiiiiiiim! Finalmente o post está no ar! 😀

Depois de quase um mês de espera, finalmente consegui postar sobre o evento Maratona MUDE, que ocorreu ainda em Setembro no Barra Shopping Sul em Porto Alegre. A convite da rádio Itapema FM, fui prestigiar o evento que contou com a participação de um monte de profissionais especiais e pessoas que eu muito admirava mas ainda não havia tido oportunidade em conversar pessoalmente com cada uma delas. Confira!

O evento MARATONA MUDE nada mais era do que uma competição entre 4 equipes cujos participantes deveriam produzir 3 modelos de sapatos que pudessem ser comercializados e que estivessem de acordo com os critérios avaliados pelo júri. Além disso, o mentor de todas as equipes era nada mais nada menos do que o maravilhoso estilista Lino Vilaventura. (super chateado que não consegui fazer foto alguma com o Lino) 

É importante também dizer que esse evento não aconteceria se a ABICALÇADOS e a BRAZILIAN FOOTWEAR, em parceria com o IED, APEX BRASIL, FRANCAL FEIRAS e COURO MODAS não tivessem idealizado todo o cronograma genial de palestras, workshops e toda a experiência de interagir com os competidores participantes em tempo real dentro do shopping e na estrutura do evento.

Todos os membros das 4 equipes (a amarela foi a vencedora)

Como mencionei ali em cima, paralelo a competição que durou 24 horas (eu não fiquei as 24 horas lá, mas adoraria ter acompanhado de pertinho cada processo criativo, porque todos foram geniais!), ocorreram palestras (no caso, no domingo) e workshops.

A primeira palestra foi com ninguém menos do que a linda, talentosa e muito criativa Roberta Weiand, que contou toda a sua trajetória profissional (ela já trabalhou na criação da D&G na Itália) até chegar ao processo criativo do aplicativo Prêt-A-Template (preciso falar sobre ele em outro post! É realmente genial!).

Depois ouvimos Bruna Ortega falar sobre Cool Hunting e as tendências do mercado vistas nas passarelas internacionais e expostas no Street Style mundial. Bem interessante, mas nada muito diferente do que quem acompanha cursos, sites e portais de moda. Confesso que não consegui prestar muita atenção pois fui participar de uma ação de doação de tênis da Twins For Peace, onde os participantes do evento poderiam customizar 1 par de tênis que seria doado para a caridade.

Logo após concluir a customização do meu par de sapatos, fui ouvir os queridos Clayton e Ítalo, da Vogue Brasil, que eu fiz um post especial contando o que aprendi com a VOGUE BRASIL. <3 Realmente foi inspirador ouvi-los.

Colagens4Após a pausa do nosso almoço, tivemos a imensa alegria em escutar André Hidalgo e logo em seguida o estilista João Pimenta, falando sobre moda, conexão de mercado, empreendedorismo, cara de pau e muita, mas muita criatividade para conseguirem levar os seus nomes ao mundo. André Hidalgo é o idealizador da Casa de Criadores, evento de moda que descobriu e lançou o estilista João Pimenta. Já João é hoje uma das maiores personalidades na moda masculina, e para mim, o mais influenciador em criação nesse sentido. Não preciso nem dizer que o êxtase nessas alturas já era altíssimo!!!

Como se não bastasse a alegria em ouvir até aquele momento essa turma genial das modas, Edson Matsuo, diretor criativo da Melissa, subiu ao palco e contou todo o processo criativo, de expertise e de experiência da marca com o mercado global. Pausa para respirar! Edson é um queridão, mesmo! Amei conhecê-lo, assim como amei todos os outros palestrantes. Mas ele possui uma educação que me cativou quando pude conversar com ele nos bastidores. Fiquei com vontade de trabalhar na Melissa!

Aí, para encerrar, fui encontrar o sempre querido Dimitri Mussard, que subiu por último ao palco para encerrar o ciclo de palestras juntamente com Edson Matsuo e Christian Ullmann (professor do IED de São Paulo). O bate-papo foi completamente aberto e foi ótimo, já que cada um possuí uma visão distinta de mercado e puderam expor para todos nós um pouquinho das suas verdades profissionais.

Eu realmente amei demais poder ter participado dessa experiência. Mais uma vez peço desculpas pela demora do post, como já comentei anteriormente eu estou bem atribulado neste mês de outubro.

Um grande abraço, Matheus.

 

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *