Regatas: O Divisor de Águas

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Filament.io 0 Flares ×

Esses dias estava navegando pelo facebook quando encontro uma postagem da Patrícia Parenza (aka uma das Patrícias) criticando o uso de regatas nos dias atuais. É válido dizer que eu geralmente faço questão de sempre escutar o que Patrícia tem a dizer pois gosto do conteúdo produzido pela dupla que ela faz parte, gosto da postura dela e acho que como uma das pioneiras dentro do segmento aqui no Rio Grande do Sul, ela sabe se comunicar muito bem pelo mercado a nível nacional.

Mas uma incógnita começou a pular na minha cabeça: seria a regata uma peça tão incoveniente no dia a dia? Admito que particularmente eu adoro, acho prático e fresquinho para todas as ocasiões durante o verão (principalmente morando em Porto Alegre, cidade onde está 25º graus com sensação térmica de 40º graus), mas será que ela incomoda tanto assim?

E AÍ, VOCÊ GOSTA? OU NÃO USA NEM A PAU?

https://scontent-b-iad.xx.fbcdn.net/hphotos-xap1/v/t1.0-9/10806247_841711995891481_5801037898518971467_n.jpg?oh=a2cf76b0f162df48a4589df9fb8eb4c0&oe=554B5578Look total conforto, usado para passar o dia fora de casa

Foi aí que eu resolvi perguntar no facebook o que vocês achavam da proposta e obtive uma resposta interessante que dizia que a peça só deveria ser usada em momentos oportunos, fora do ambiente de trabalho. Novamente eu me questionei: se aceitamos a bermuda em quase todos os ambientes de trabalho, estaríamos preocupados demais em negar a regata que esquecemos que não há mal algum em mostrar as axilas?

Assim, mais uma vez eu voltei para o questionamento da Patrícia Parenza, onde inclusive haviam comentarios afirmando não gostarem de ver os pêlos da axila (?), de ver a axila ou de saber que ela poderia encostar em você quando fosse dar um abraço, por exemplo. Pode parecer super normal e muito absurdo, mas o fato é que o ser humano é uma criatura muito estranha, e com ele, evidentemente, seu corpo também haverá de ser estranho (lógica da biologia humana).

TA MATHEUS, MAS ENTÃO ME AJUDA, COMO EU POSSO TENTAR USAR A REGATA?

Bom, primeiro não existe uma regra. Segundo, se você de repente trabalhar em alguma área que lhe possibilite usar, ótimo. Mas lembre-se: você está no ambiente de trabalho, independente da área qual for. Portanto, amarre ou carregue consigo um casaco ou uma outra peça de roupa para que caso esfrie ou fique inconveniente demais para você (com a reação dos outros, claro), você possa ter um trunfo na manga e vestir a outra peça. Já se estiver muito quente e o ambiente não exigir nada, mas você perceber que é mais válido evitá-la, aposte nas camisetas de manga curta, elas sempre salvam a vida de todos nós.

Outra dica boa para se usar regatas, é vestir uma peça que seja uma camisa social sem mangas. Acho que funciona bem para toda e qualquer ocasião, fecha com jeans ou uma calça mais transada e permite você se sentir mais fresco. ÚNICO PONTO CONTRA, neste caso: você provavelmente não estará usando nenhuma outra camiseta por de baixo, o que indicará um calor muito forte… Por isso, cuidado para onde você irá usá-la, pois poderá umedecer a peça ao ponto de ficar aparente (palavras de quem transpira muito), então talvez seja bacana apostar em momentos que você saiba que não ficará ensopado de suor.

Cortei as mangas dessa camisa social e a transformei em Regata Social

HMMM… MAS E SE MEU PARCEIRO(A) NÃO GOSTAR?

Aí amigo, isso estará sob sua responsabilidade. Sei de pessoas que acham muito sexy (eu mesmo, admito), como sei de outras que detestam e contra indicam. Tudo é uma questão de bom senso e de você gostar e querer vestir. Mas é válido lembrar que moda é conforto, e se você não consegue se sentir confortável usando a peça, talvez seja interessante você parar de se desgastar e usar/vestir algo que lhe caia bem sem nenhum esforço.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *