Coordenando o Guarda-Roupa

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Filament.io 0 Flares ×

Coordenar segundo o dicionário Soares Amoura significa reunir ou dispor com certa ordem. Pensando assim, decidi dar algumas dicas voltadas ao dia a dia comum de todos nós (homens de variados biotipos, classes sociais e profissionais), pois tenho orientado alguns rapazes quando faço o serviço de personal shopper e tenho visto o quão importante é saber orientar certas roupas para o trabalho e outras para o casual dia a dia.

Arrumando o Guardo Roupa_ Guarda Roupa Masculino_ Moda Sem Frescura2

ABRINDO O GUARDA-ROUPA: DANDO RUMO PARA VIDA!

Tudo bem que eu não sou esposa de ninguém e muito menos vim aqui fazer papel de mãe, sou apenas um Consultor amigo de você que está me lendo. O que quero dizer é que todas as dicas citadas a baixo são única e exclusivamente responsabilidades suas perante o assimilamento, concordância e ato de pôr em prática. Tendeu?

Para começar, cada coisa em seu lugar, já dizia Tiago Iorc. Isso nada mais é do que abrir o seu guarda-roupa e começar a pensar na palavra organização!

ORGANIZANDO A VIDA

Quando falo em organizar a vida, quero dizer em saber aquilo que você tem dentro do seu guarda-roupa. Depois de tê-lo aberto, você começa a olhar tudo aquilo que está lá dentro… Muitas vezes sem uso.

Saiba que em quase todos os casos, nós, seres humanos, nos tornamos acumuladores sem nos perceber. A solução? Bem, a solução é sacudir o comodismo, separar tudo aquilo que usamos daquilo que já não usamos mais. Assim, começamos a organizar as peças que podem ir para a doação (ou vendidas em brechós, feiras… você é quem decide!) das que utilizamos.

Feito isso, partimos para o próximo passo.

SEPARANDO A VIDA PROFISSIONAL DA VIDA CASUAL

Ok, você pode até vir a descordar desse sub-ítem pelo motivo de ter um trabalho que lhe permita caminhar pelo “jeito casual de viver” quase que unicamente juntos. Acontece, que mesmo nessas situações a roupa da gente desgasta, e por isso precisamos dar um foco para o profissional e para o pessoal.

Esse tal “foco” que comentei, é nada mais nada menos do que subdividir as suas roupas em roupas para o trabalho, roupas para o dia a dia e talvez, eu disse talvez, roupas para a zona neutra (aquelas que você gosta de usar num dia de trabalho mas que não se importa de ir tomar um chope no final de semana com os amigos).

É importante dizer que você não necessariamente precisa separar o seu guarda-roupa inteiro, mas disciplinar o pensamento para cada situação. Quem trabalha com moda tem a tendência a misturar essa situação e acabar assim, sem o alicerce do bom senso. Por isso eu acredito ser importante dar vista para as peças que serão usadas no seu trabalho separadamente das que você gosta de sair.

HÁ UM JEITO FÁCIL DE ORIENTAR ESSA SITUAÇÃO?

Sim, há várias maneiras. Uma delas por exemplo é se você gosta de pendurar suas camisas sociais todas juntas, coloque um cabide com algum colete ou alguma outra peça que possa destoar das outras. Isso vai facilitar o seu olhar na hora de pegar uma camisa e ir trabalhar, assim como na hora de pegar uma outra camisa e sair para jantar. O mesmo exemplo serve para calças, bermudas e sapatos.

MATHEUS, TEM NECESSIDADE DISSO TUDO?

Tem, por incrível que pareça. Eu mesmo sempre fui contra essa questão, mas comecei a analisar não apenas com um exemplo de cliente, mas mais de um (sendo eles de diferentes áreas profissionais), e todos (incluindo eu), tem um desgaste maior na roupa por utiliza-las de forma conjunta em todas as ocasiões.

Essa dica não é uma regra e não dita o que você deve fazer ou não com as suas roupas. Ela apenas orienta o que você pode fazer para dar uma durabilidade maior as suas vestes.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *