Dos 15 aos 20

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Filament.io 0 Flares ×

A coisa mais legal de ter este site no ar é poder perceber que o meu engajamento faz parte de quem eu sou. O que quero dizer é que quando iniciei todo esse processo de construção de quem somos (eu e o It Brazilian Boy), eu era uma outra pessoa.

Tudo bem que a gente muda constantemente, mas eu era um outro rapaz. Era um menino que não sabia direito onde estava se metendo, não sabia como poderia fazer as coisas funcionarem e nem entendia muito sobre o que significava falar sobre moda e onde isso faria as pessoas chegarem.

Hoje, com praticamente 20 anos, eu ainda não cheguei onde desejo. Talvez demore um pouco, talvez nem tanto, mas o fato é que vejo na despretenciosidade daquele engajamento uma grata felicidade em poder ter o reflexo no hoje:

2011 foi o ano em que tudo começou a ser construído e posto no ar.

2012 foi o ano onde tudo começou no On-line com reflexos no Off-line.

2013 foi onde tive a percepção do On para o Off, quase que em uma transição oculta.

2014 foi o ano das matérias na gringa e de um prêmio merecidamente recebido.

2015 foi o ano onde concorri a mais um prêmio e onde acadêmicamente comecei a firmar as extensões do que era esse projeto lá no início.

itbrboy-itbrazilianboy

Sempre quis comunicar, conhecer pessoas, entender sobre assuntos e fazer a diferença. Isso tanto é verdade que eu por muito tempo (nesses quase 20 anos de vida) quis ser diplomata. Almejava representar o Brasil para o Mundo e de alguma forma fazer a diferença. Costumo contar em algumas palestras o quanto isso foi instigante e o quanto ver a realidade das nossas metas nos faz observar o entorno com novos olhos. Descobri e, acabei por fazer, que eu poderia sim representar o meu país de outras formas, sendo esta plataforma a principal fonte de possibilidades para tal.

Hoje sou muito grato pelos planos que se concluíram, por aqueles que não deram certo e pelas oportunidades que ocorrem. Sei que muita coisa mudou, inclusive a minha frequência por aqui. Mas ao mesmo tempo em que a internet se constrói e amadurece continuamente, eu também estou nesse mesmo barco. Sou um blogueiro que optou em fazer a diferença no Off-line. Faço do On o meu apoio para o Off. É algo diferente mas não menos proporcional.

Eu espero que nas próximas eqüivalências de idades eu consiga atentar a mais coisas, mas enquanto isso, mãos a obra! Pois o trabalho não para e é imenso.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *