MECA FESTIVAL 2016

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Filament.io Made with Flare More Info'> 0 Flares ×

Ta certo que esse post ta indo ao ar quase em junho, mas confesso, que estava aguardando alguns materiais para postar.

Ir ao MECA é sempre uma grande experiência para mim, uma vez que é o festival mais especial em termos de moda, música e hypismo que temos por aqui. Confesso também que essa edição me fez ir justamente para curtir o festival e não necessariamente as bandas e os eventos dentro dele.

Aproveitei a oportunidade para levantar a bandeira do movimento Genderless e fui usando um vestido criado pela minha amiga Khira Doll. Além de super elogiado e fotografado, a oportunidade foi ótima para relembrarmos que a moda é democrática e que somos aquilo que queremos ser.

MECA.itbrboy.lickme16 MECA.itbrboy.lickme20 MECA.itbrboy.lickme14 MECA.itbrboy.lickme15 MECA.itbrboy.lickme21

Por não ter dado tanta atenção ao line up dessa edição, reuni minha “clássica” crew e fomos juntos curtir e aproveitar. Como essa edição não ocorreu na fazenda do Pontal, como sempre ocorria, mas sim em Porto Alegre (no interior do interior de Itapuã, na fazenda do Butiá), tivemos um certo atraso até chegarmos no local.

Muito similar ao que já víamos antes, a ambientação estava bem bacana também, com uma feirinha montada no centro, um grando palco mais em baixo, vários foodtrucks e festas em paralelo. O MECA estava sendo o MECA.

MECA.itbrboy.lickme10MECA2016.itbrboy.lickme2 MECA2016.itbrboy.lickme3 MECA2016.itbrboy.lickme4MECA.itbrboy.lickme9MECA2016.itbrboy.lickme5MECA2016.itbrboy.lickme6

Foi aí que algo aconteceu!

OH WONDER: VIRAMOS BROTHERS NO FESTIVAL

MECA2016.itbrboy.lickme1Parei na fila do foodtruck de comida mexicana (aka Pueblo), quando do meu lado chega um alemão alto, com cara de gringo, segurando um copo de cerveja e com uma expressão facial um tanto curiosa. Puxo assunto, ele sorri. Responde em inglês e então começamos a conversar. O cara se chama Stacey, é designer inglês, radicado em Londres, que havia feito toda a arte do álbum da master elogiada banda Oh Wonder. Stacey disse que tinha vindo acompanhar a galera da banda, que por sinal eram seus melhores amigos e essa era a oportunidade em conhecer o Brasil.

Nossa conversa engrenou de um jeito que meu inglês se tornou fluente. Foi uma loucura!!! Quando percebi, estavam juntos de nós toda a banda e a produção dela. Os caras todos foram geniais, me convidaram para darmos um rolê por Londres e ainda me chamaram de “professor de selfie”. A noite já tinha valido super a pena.

MECA2016.itbrboy.lickme7Eu e os meninos da banda + produção da banda

No fim do festival, por motivos de forças maiores, acabaram não tocando, mas eu saí ganhando muito. Espero encontrá-los pelo mundo novamente.

#mecalover

Naturalmente, a natureza contribuiu para que chuvesse (isso nunca é novidade no MECA, mesmo sendo em outra época do ano). Eu posso dizer que aproveitei cada segundo com o Tiago e com a Laís, reencontrei muita gente legal, me diverti muito e ainda fiz novas amizades. Senti falta da vibe do verão lá na Fazenda do Pontal.

MECA.itbrboy.lickme11 MECA.itbrboy.lickme13 MECA.itbrboy.lickme12

Torço para que o MECA continue ganhando o mundo, mas sem perder as suas raízes locais. Afinal, ele sempre foi o nosso “Coachella” dos pampas.

Obrigado Carol e Débora, da Tessler Comunicação, vocês são sempre geniais meninas.

FOTOS TIAGO CALEB | LICKME