0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Filament.io 0 Flares ×

Confesso que custei a compreendê-lo, resisti em maturidade e hoje, amo como se não houvesse amanhã. Fora toda essa parte poética, o easy life é um estilo de vida tão transitório que de repente você menos percebe e ele já te adotou. Sim, ele nos adota e a gente apenas usufrui.

DEIXE-ME EXPLICAR

Para quem não sabe, o “easy life” ou qualquer outro jeito que queiram chamar, é uma maneira mais leve de procurar enxergar a vida, as coisas no seu entorno, o seu modo de pensar e agir. É uma questão tão pessoal mas ao mesmo tempo tão social, que em conjunto acabamos embutidos nele e nem percebemos: parques e a busca por um sentido mais “saudável” de viver, menos stress e mais satisfação, menos discórdia mais tolerância, menos preconceito mais aceitação, … ENFIM, é a forma que enxergamos do “LESS IS MORE”, ou seja, menos é mais sempre.


Foi assim, desse jeitinho mesmo, que eu descobri o sentido do sport life na minha vida e pouco a pouco tenho adotado esse jeito “easy” comigo. Por isso, decidi escrever 3 motivos para você também compreender como é fácil e muito particular, mas que respinga num entorno:

EU NÃO USO ÓCULOS:
USO LENTES QUE ME PERMITEM ENXERGAR MELHOR A VIDA!

easy-life-itbrboy-3

Eu sou usuário de óculos de grau desde antes do início do Ensino Médio, ainda nos tempos da escola, o que isso significa uma boa parcela de tempo envolvida. Já tive 2 armações de estilos completamente diferentes do Matheus do hoje, que diferentemente de um passado não tão distante, agora tem novas responsabilidades, uma pegada mais séria e envolvente, mas ainda assim jovem e com personalidade. Foi assim que entendi que era hora de mudar e encontrar uma nova armação que me marcasse com uma identidade maior.

Trocar a armação de óculos foi mais do que uma simples troca, foi perceber que eu não usava óculos devido a miopia, mas sim, para conseguir enxergar melhor a vida. É para isso que aquelas lentes da armação (ou as de contato) nos servem.

MOVIMENTAR ENERGIA SIGNIFICA MOVIMENTAR A VIDA

Resultado de imagem para fashion sport gif

Como bom pisciano, detesto me sentir estagnado. Ok que eu não entendo muito sobre astrologia, mas acredito em energia e acredito que a gente precisa movimentar ela para dar sentido a tudo que fazemos. Para quem me acompanha pelas redes sociais, soube que em agosto eu me acidentei feio: levei 4 pontos no nariz (com a possibilidade de ter ficado desfigurado e cego), devido a necessidade em movimentar essas energias numa mudança maluca de lugar dos móveis do meu quarto. Felizmente está tudo bem e o resultado deu certo. Entendi depois desse episódio que nada é por acaso, que o tempo tem o seu sentido, mas que nós podemos movimentar as energias ao nosso favor: sejam elas materiais (como o caso dos meus móveis do quarto), sejam elas emocionais (como os sentimentos que carregamos) ou pessoais (sobre quem somos).

A resposta foi tanta, que até o jeito de me vestir começou a mudar.

ATÉ LOGO SAPATOS BAIXOS, BEM VINDOS TÊNIS ESPORTIVOS

easy-life-itbrboy-2

O Sportwear entrou de uma forma na minha vida, que tenho amado essa onda “Kanye West”, “AdidasXNike”, Puma Return, FILA… To adorando tudo, inclusive em usar mais moletom, seja ele em calça, em blusões ou em camisetas. Sinto que fico mais leve, mas ainda conseguindo dar seriedade quando quero.

Sinto também que meus acessórios, bolsas, anéis, óculos e relógios, se entenderam tão bem nesse estilo, que os meus 20 anos já viraram 40, 60 e voltaram a ter 20 mas de um jeitinho mais eu. Foi aí que eu descobri o segredo dos sapatos esportivos: eles servem para tudo, todos e para qualquer hora. Se as minhas dicas servem de algum incentivo, opte sempre por tons mais neutros como preto, cinza, branco, verde ou azul escuro, de preferência all color para ajudar nas tuas composições.


Provavelmente, logo em seguida (não sei o tempo desse processo) mais motivos tenderão a surgir e as minhas percepções vão estar mais coordenadas junto a estes 3 motivos inicias. Mas querem saber, comecem a olhar mais para dentro de si, para o conforto individual espelhado no coletivo, para o hoje, para o agora. Desse jeito a gente percebe as influências presentes neste momento, o que facilita entender a fase que passamos. BOA SORTE!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *