0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Filament.io 0 Flares ×

CARTA ABERTA AOS EMBUSTES QUE PASSARAM POR NOSSAS VIDAS

Antes de tudo, um muito obrigado. Talvez você até tenha ciência do grande imbecil que você foi, mas eu precisava compartilhar o meu reconhecimento pela tua passagem em minha vida, principalmente por você ter ido embora.

Não foi um ou tão pouco serão dois, ou meio dúzia, ou trezentos. O número na verdade pouco importa, assim como os Eduardos, Ivans, Diogos, Joãos e todos aqueles que você iria incluir nessa sua listinha de “embustes”.

Embuste, para quem não sabe, vem do português brasileiro popular com a significância de mau partido; pessoa ruim; ou ainda, pessoa que não te fez bem ou que possa ter te prejudicado de alguma forma. Ainda assim, alguém que passou por sua vida.

A gente poderia apontar todas as falhas individuais de cada um, mas vocês sabem, todos somos humanos e não somos plenamente ruins ou plenamente bons. Somos imperfeitos. Acontece que todas as vezes que esses caras me disseram (aqui você pode se colocar no meu lugar) que eu era muito para eles, que eu era intenso por demais, que eu, eu, eu, eu, tudo era eu, e realmente eu não conseguia acreditar e tão pouco compreender porque eles me diziam isso tudo, hoje eu os entendo.

Entendi que na verdade eu não nasci para ser felizinho. Nasci para ser muito feliz! E por querer e merecer ser muito feliz, é que não sirvo para alimentar o ego de ninguém. Ainda mais o afetivo. E é aqui, na lógica racional de nossas emoções, que eu os faço prestar atenção na plenitude de nossas ações: não está errado e nem nunca esteve o fato de fazermos as “coisas” por inteiro, afinal, não sabemos ser metade. Tão pouco esteve errado arriscar em dar certo, uma vez que a vida é feita de tentativa e erro. Mas o erro sempre tem um preço… Eu é quem decidi não ser mais o acerto de contas.

Portanto, a minha gratidão à todos aqueles que já passaram por mim e que de alguma forma souberam com o tempo me fazer reflexionar o quanto cada atitude deles me empoderou e me transformou na pessoa que eu sou. Afinal, eu entendi que na verdade quem não merecia vocês sempre fui, nunca o contrário. Aquele cara que um dia você pisou, ele hoje nao se permite mais.

Ah, e fica um recado: tentem não vacilar mais para vocês mesmos, uma vez que brincar com os sentimentos dos outros jamais será para o outro.

A vida da gente é feita de escolhas, e eu escolhi ser Muito Feliz!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *