Look do Dia: praia + chuva

Eu queria algo meio militar ‘inspired‘ + combinação para dia de chuva em casa, daí eu optei por uma camiseta da gincana do colégio com pontos de luz em preto espalhados pelo corpo (relógio, chapéu, cinto e tênis), uma vez que eu estava em casa e queria relaxar (muito embora, isso não seja motivo para desleixo), por isso eu optei por uma seleção light e cool para um dia de chuva. O militar aparece no verde e no coro do cinto e do relógio, onde eu pude trazer as referências que eu tanto queria.chapéu Zara; camiseta da gincana do colégio; cinto de couro Datelli; relógio Saint Gobain; bermuda Nico Boco; tênis Converse.

 

A Vida da Gente, continua

Pode ser engraçado pensar que uma dramaturgia possa ter sido mais real do que outras tão batidas como as que estamos acostumados, mas talvez seja por isso que A Vida da Gente tenha ganho tanto a minha consideração por ela. Como um bom brasileiro, gosto de uma novelinha para perder o meu tempo, me revoltar com o vilão ou com a tansinha da mocinha, amar algumas atrizes secundárias júlia almeida, isabelle drummond e assim por diante e ter assunto pra conversar com quem quer que seja que a acompanhe. Porém, com A Vida da Gente foi um pouco diferente. Por ter sido passada na minha amada Porto Alegre com ponte à Gramado e ter fugido do clichê RJ – SP, o público soube reconhecer o charme de umas mais belas capitais do país. E é aí que chegamos ao ponto: porquê nos rendemos tanto pra mais uma história da Globo? Posso apenas responder por mim, mas eu acredito que por estar muito ligado ao meu estado, as minhas cidades, a indentificação de muitas coisas transmitidas nela, chego a conclusão de que expor coisas simples do nosso cotidiano deixa qualquer história mais interessante. A Vida da Gente realmente soube transpor isso para o telespectador, porque mesmo com as idas até Gramado como se fossem à Viamão no meio de um dia de trabalho, o confuso triângulo amoroso Ana+Rodrigo+Manu e os dramas da Ana e sua família, fizeram a gente realmente prestar atenção na trama. A produção está de parabéns, a escritora também. Os atores foram bons demais e o diretor se puxou. Não podemos negar que um bom texto + uma boa música + uma boa câmera deixam qualquer ser com um coração virado para as artes enlouquecido. E é assim que nos despedimos da Vida da Gente, porque afinal ela continua.

porque amamos tanto a Burberry?

Quando eu vi o desfile magnífico da Burberry na última semana de moda de Londres, admito que fiquei vislumbrado com tamanha genialidade do Christopher Bailey. Pra quem não conhece ou não está se lembrando, a Burberry é uma marca de casacos (primeiramente) mara-vilho-sos do UK. Isso sem contar no tradicional xadrez imitado por inúmeras outras marcas ao redor do mundo. Pois bem, esse ano eles nos prepararam mais uma supresinha no tradicional desfile da marca durante uma das mais requisitadas semanas de moda do mundo:
http://youtu.be/HSrYbzeBOfs

Depois de respirar, vocês não concordam que este desfile estava literalmente in-cri-vel? Não sei se é porque eu sou muito suspeito por adorar demais a grife, mas o Christopher é genial, ele é o tipo de cara que podemos dizer que é “O” cara. Sobre o desfile, primeiro a seleta lista de convidados (incluindo brasileiros); segundo, o espaço montado especialmente para o desfile (sendo ele de vidro e amplo, de acordo com a coleção), demais; terceiro, vídeo do resumo do desfile que além de ter sido incrível, estava sendo transmitido online em tempo real (surtamos agora? calma tem mais); quarto, genialidade ao criar o espaço todo em vidro para que lá fora estivesse tendo uma chuva artificial, criando lá dentro uma outra chuva artificial sem água para apresentar assim os novos guarda-chuvas da marca e encerrar o desfile com encantamento; quinto, coleção impecável; e sexto, a música dramática e calorosa estava excelente. Por isso, quero compartilhar com vocês que se um dia eu conseguir ser criativo à este ponto, tenham toda a certeza de que eu me sentirei muito realizado profissionalmente. Sem mais comentários de um dos melhores desfiles deste ano. Abraços, Matheus.

Scarf Me com a gente

Galera pra quem mora ou está em Porto Alegre, agora a poucos dias (né?) chegou um stand hiper cool no shopping Iguatemi da Scarf Me. Pra quem não sabe, a Scarf Me é uma marca de São Paulo que trabalha justamente com scarfs femininas. Daí você me responde “jura matheus, mas e daí?“, daí que são alguns materiais como gaze de viscose, cetim, musseline de seda, cetim de seda e seda premium, que a marca trabalha muito bem. Lá vocês conseguem encontrar a última coleção ainda, e lógico que a nova e super atual também.O mais bacana da marca são as estampas super variadas e com a cara da brasileira, isso sem contar nos tipos de tecidos variados que se misturam nessas gavetas né? Admito que quando eu e a Aurora fomos fazer as fotos, direto veio na minha mente pessoas que nos acompanham e que gostam de lenços e scarfss lógico, gurias com câncer e gurias atentas no guarda roupa das mães/tias/avós querendo roubar mais umas peças para esse inverno, porque nada mais IT do que ser vintage na medida certa né. Acho hiper charmoso mulheres que gostam de um jabá bem urbano e alternativo, beirando o vintage-contemporâneo (em relação às estampas). Os preços da marca parecem variar de acordo com o tecido e a estampa, mas mesmo por curiosidade vale super a pena conhecer!!! E ainda para complementar o stand, nele tem uma televisãozinha dando dicas de como se fazer alguns nós e de como saber se utilizar os lenços da marca. Então galera esperamos que tenham gostado e curtido esse giro por esse stand bacana. Se quiserem adquirir as suas como presentes ou alguma outra forma de aquisição pessoal ou não, corram porque o stand é agitado. Abraços, Matheus.

fotos por Aurora Zamora Xavier – mais fotos na nossa page no facebook.